Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Natal 2015

A toda a comunidade fixe ;-) ficam os nossos votos nesta época natalícia...


quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Dia 17 - o último: Boas Festas a todos!

Depois da canseira de ontem, hoje foi um dia mais tranquilo.
Conversamos sobre a nossa Festa e depois abrimos o último Saquinho cheio de Natal, o nº 17. Era do Tomás e trazia lá dentro um verdadeiro tesouro!
De novo agradecemos a todas as famílias fixes pela participação, generosa e criativa, nesta atividade colaborativa que os fixes tanto apreciam.

Depois foi tempo de organizar as nossas produções, selecionar algumas para integrarem os nossos Portefólios e arrumar outras nas capas de trabalhos, deixando tudo adiantado para janeiro ;-)

Finalmente, faltava só terminar os embrulhos da nossa lembrança de Natal.
Ainda não sabem o que é, mas vamos revelar, foi uma escolha algo diferente...
Mas, afinal, o que é e para que serve um Frasco da Calma?

O frasco da calma do Pai Natal (porque o quisemos vermelho e decorado e preceito) é para agitar antes de usar (com cuidado, para não partir!) e é algo muito especial...
É usado para acalmar quem precisa, pois quando se agita faz com que o pó de estrelas se mova, junto com estrelas e brilhantes, gerando um bonito efeito, que tranquiliza e ajuda a respirar e a relaxar. Para além disso, é também um elemento decorativo de bonito efeito!

Podem conhecer mais sobre o método de Maria Montessori, em que esta atividade se inspirou, aqui.
Inspiramo-nos nessa filosofia e depois adaptamos a esta personagem tão querida: o Pai Natal... afinal, até ele deve precisar de se acalmar nesta altura do ano!


Acrescentamos um pequeno postal de Boas Festas, que leva lá dentro algo de muito especial também, que nasceu a propósito desta PRÉ História. É isto aqui:


Estes VALES não são uma prenda para os pais... são uma prenda para nós! 
Cada vez que nos esforçarmos por ser FIXES a valer, deixem-nos escolher um… e depois cumpram mesmo o que lá promete ;-)

Se esgotarmos todo o livrinho (o que seria muito bom sinal!) aqui têm mais para download:

Com muito carinho e votos de Boas Festas para toda a comunidade fixe ;-) e não só!

O Pai Natal ainda passou por cá, mas como estava com pressa, só deixou o saco...
E estava cheio de livros para todos!
Muito obrigada Pai Natal, és mesmo fixe!
Mas não andes tão apressado, olha o stress... usa um frasco da calma :-)
(Foi tudo tão rápido que nem deu tempo de tirarmos fotos)

Dia 16 - Um dia especial - parte II

E foi mais à noitinha, no dia de ontem, que decorreu a Festa de Natal com toda a comunidade educativa de Vila Franca, proporcionando um momento de são convívio entre todos aqueles que têm a seu cargo a Educação das crianças. Mais uma organização de sucesso da nossa Associação de Pais, sempre muito colaborante e atenta... uns verdadeiros artistas, como revelaram em palco ;-)
O video que se segue (mesmo um pouco tremido, foi da emoção...) mostra um pouco como foi a nossa apresentação da música de Natal da nossa amiga Alda "Faz com que vivamos em paz", cuja coreografia e instrumentação ficou a cargo da prof. Patrícia, nossa professora de música... parece que nos saímos todos muito bem :-)

Este slideshow dá uma visão geral de todas as atuações, desde o Jardim de infância ao 4º ano, terminando em beleza com a dramatização da História da Carochinha adaptada ao Natal (pelos pais) e finalmente com a chegada do Pai Natal!

Foi uma bela festa, muito participada e que terminou ao redor da mesa, num doce convívio.
Obrigada à Associação de pais pela dedicação e também pelas prendas que patrocinou e fizeram felizes as nossas crianças.


quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Dia 16 - Um dia especial... parte I

A manhã deste dia especial (Dia da nossa Festa de Natal) começou com a apresentação ao grande grupo de atividades concretizadas individualmente, em pares ou em pequenos grupos...

Seguiu-se mais um 3 em 1: a abertura dos"Saquinhos cheios de Natal" do Calendário do Advento (quase a terminar) que, por qualquer motivo, ficaram atrasados...
O Tiago trouxe-nos votos de Boas Festas escritos num postal e ainda um jogo do "quantos queres?" com Desejos de Natal. Jogamos até ao fim e gostamos muito. Quando tivermos tempo vamos experimentar fazer esta dobragem.

O Afonso trouxe-nos uma adivinha de Natal... e dentro do saquinho vinha também a solução! ;-) Este saquinho vinha acompanhado de mais bolas de Natal, mas de chocolate, que comemos ontem... só que nos atrasamos e não houve tempo para ver o resto, só hoje o conseguimos! Ah e as bolinhas foram penduradas na nossa árvore pelo próprio...

Finalmente, o saquinho nº 16 tocou em sorte ao Vicente, que nos trouxe também... que coincidência! Adivinhas de Natal :-) e uma delas era igualzinha à do Afonso ;-)
Conseguimos acertar em todas as 3.
Mas depois ainda havia um presente que tinha lá dentro umas coisas redondas, doces, que dão na televisão e parecem só nesta altura do Natal, com um embrulho dourado...
- Ah! Ferrero Rocher!
Muito obrigada pela colaboração a todas estas famílias fixes. :-)

Ainda relembramos uma lenda própria desta época, que a Ariana nos trouxe no seu Saquinho cheio de Natal: a Lenda da árvore de Natal (que revisitamos aqui) e, depois do reconto, fizemos um registo diferente, com rendas, ou não fosse esta mais uma lenda a incluir nos nossos "Novelos de lendas e outras rendas", o projeto eTwinning deste ano...

O resto do dia foi dedicado ao ensaio geral da nossa apresentação para a festa, com a ajuda da prof. Patrícia e ainda a terminar as lembranças e fazer os postais... 
No final, a professora estava cansada, mas acabou a rir à gargalhada, pois quando disse:
- Ufa, que canseira!
A resposta veio logo, bem pronta:
- Olha, não foste tu que escolheste ser professora? Pois, agora tens que aguentar...
E contra factos destes, não há argumentos!

Mais logo ainda haverá mais... pelas 18h30m vamos reunir-nos no Salão para a
Venham todos bem-dispostos... até logo!

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Dia 15 - Um dia de surpresas!

Após a pausa forçada do dia de ontem, hoje regressamos quase todos à Sala Fixe. 
Só faltou mesmo o Miguel, que ficou a cumprir as funções de irmão mais velho ;-) é o que dá ter em casa um irmãozinho acabado de nascer!

E como terça-feira é o dia das surpresas na rotina semanal, elas não faltaram, logo após as novidades de ontem que quisemos contar à nossa educadora. E foram muitas...

Começamos com a do Frederico, que no Calendário do Advento correspondia ao dia 12 e tinha lá dentro: um lindo anjo, para nos ajudar a manter bem acesas as luzinhas do nosso coração, muitos pinheirinhos, para cada um pendurar no seu, lá em casa e ainda uns chupa-chupas... não podia faltar um docinho ;-) Tinha ainda uma linda mensagem de Feliz Natal
Trazia também duas histórias e hoje ficamos a conhecer a mais pequenina: "O sonho do Pai Natal"... que afinal é também o nosso sonho!

Seguiu-se a surpresa que o Afonso hoje trouxe para partilhar com os amigos: bolinhas de chocolate com bonecos de neve. Foi muito simpático, nem era o saquinho dele, nem nada!
Ao ver isto, a Maria, que é muito despachada, lembrou-se que tinha trazido duas surpresas para a sala que ainda não tinham sido abertas e logo quis abrir uma delas hoje: a dela, que a outra veio no nome da irmã bebé... 
- Sabes, a Carlota depois também vem para esta sala!
E logo a Ariana, não ficou atrás:
- O Duarte também vem para a tua beira!
- E quem foi que vos disse isso, que os vossos irmãos vêm para cá quando crescerem? ;-)
- Pois vêm... porque nós queremos!
A surpresa era um ovo... mas não de Páscoa e muito bem embrulhado!
- Foi a minha mãe... ela faz arranjos!
E, pelos vistos, bem bonitos ;-)

Muito obrigada a estas famílias fixes pela generosidade.
Claro que aproveitamos a hora do lanche para guardar estas coisas doces na mochila, para irmos comendo lá em casa, uma de cada vez... e depois lavar os dentinhos!

Faltava só a caixinha das surpresas, que trouxe um novo jogo, muito engraçado, com uma tartaruga. Era um jogo de equilíbrio e como o V. já o conhecia, foi ele que explicou aos amigos como se jogava. Ouvimos todos com muita atenção e depois demos-lhe o nome:
Não é tão fácil como parece: lança-se o dado e sai uma cor; temos que pegar numa peça dessa cor (pode ser maior ou menor) e colocar sobre a tartaruga. O peso das peças faz a tartaruga oscilar e o objetivo é que todo o conjunto se equilibre. É muito fixe!

No tempo de atividades livres e projetos demos continuidade à elaboração da lembrança de Natal: foi tempo de preparar a solução mágica de pó de estrelas, uma receita muito especial, que precisa de muito
E mais não podemos dizer... nem mostrar, por isso as fotos são pequeninas, para não revelarem muito ;-) 
De tanto mexe e remexe, provocamos na água um efeito...
video

O dia terminou da melhor forma, comemorando o aniversário do A., que fez ontem 5 anos, ao redor de um bolo tão grande que até dava para jogar em cima um Benfica-Sporting!

Até amanhã... e atenção ao recado no vai-vem, apela-se a todos os pais que possam colaborar, quem sabe, com recurso aos avós... eles iam gostar!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Dia 11 - Acabou esta semana, foi curta mas animada!

Começamos abrindo o Saquinho cheio de Natal do Rui, o nº 11, que trazia um embrulho à parte... o que seria? Já não era segredinho, segredinho, porque o seu dono não conseguiu guardá-lo!
Muito obrigado a mais uma família fixe pela colaboração no nosso Calendário do Advento.
Agora temos uma manta de estrelas e outra de Pai Natal na nossa biblioteca! 
E, boas notícias para os nossos dentinhos, depois de uma semana tão doce, hoje não houve distribuição de guloseimas ;-)

O dia decorreu entre a organização semanal das nossas produções (separando o que vai para a Capa e o que se destina ao Portefólio, fazendo a respetiva contagem e registo) e as atividades em curso na sala. Entre elas...
  • Terminamos as cartas 3 em 1 e já seguiram para casa, via vai-vem... atenção papás!
  • Iniciamos também a preparação de uma pequena lembrança natalícia... que ajude a acalmar o stress que muitos sofrem nesta época! O que irá sair daqui? Segredinho, segredinho, não conto ao meu vizinho!
Esta altura do ano deveria ser de PAZ, como pedimos para todo o mundo na carta ao Menino Jesus e tal como iremos pedir de novo, mas a cantar, na nossa apresentação da Festa de Natal (quarta-feira, dia 16/12, às 18h30m), isso nem sempre acontece.
Nós vamos tentar dar uma ajudinha... ;-)
  • No tempo de atividades e projetos livres, houve muita brincadeira e 


De tarde contamos com a prof. Patrícia para nos ajudar a ensaiar para a Festa de Natal.
Assim foi o dia de hoje, agora vem o fim de semana, para descansarmos de tanta animação!
Bom fim de semana para todos!

Aviso: na próxima segunda-feira a educadora estará ausente. As crianças ficarão entregues às assistentes de ação educativa, sob a supervisão da educadora Graciosa.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Dia 10... uma carta 3 em 1

Abriu-se hoje mais um Saquinho cheio de Natal, desta vez o nº 10, da Carolina...
Também este veio bem gordinho, recheado de Pais Natal e bonecos de neve de chocolate!
Muito obrigada a mais esta família fixe pela colaboração.

Começamos o dia com uma notícia feliz: uma família fixe cresceu, já nasceu o irmãozinho do Miguel e ele estava muito contente. 
De tal forma que até lhe fez um presente, para levar de tarde, quando fosse visitar a mãe e o bebé: um bonito desenho, com dedicatória e tudo!

Depois conversámos sobre a carta que ainda não escrevemos... andamos um bocadinho atrasados, tal como o João desta PRÉ História:
View more presentations or Upload your own.
As conversas sobre o assunto levaram-nos longe...
Lá em casa, alguns de nós já escreveram uma carta ao Pai Natal, mas também sabemos que antigamente as crianças escreviam essas cartas ao Menino Jesus.
Na sala aprendemos que há prendas que se compram e outras que não, que apenas se dão... e essas até são mais importantes!

Por isso resolvemos fazer uma carta especial, em que pedimos:
- 1 coisa ao Menino Jesus, mas não para nós, algo que é importante para todo o mundo!
- 3 coisas aos nossos pais, para nós, porque gostamos muito e queremos mais... ;-)
- 1 coisa ao Pai Natal, podia ser um brinquedo ou outra coisa de comprar.
Para ser mais fácil,  o texto foi escrito no computador e depois foi só cada um preencher e ilustrar a sua carta. O computador deu ainda outra boa ajuda, para desenharmos à vista...

E das cartas já prontas, aqui ficam 3 excertos...



O dia foi preenchido nestes momentos de trabalho individual e pequeno grupo, que decorreram em paralelo com outras brincadeiras e projetos nas áreas da sala.
Este tipo de atividades de proximidade, um pouco mais demoradas, são excelentes oportunidades para a professora observar/interagir/avaliar os progressos que vamos fazendo...

Então até amanhã!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Dia 9 - três em um!

Este foi um dia muito preenchido... quando as atividades acontecem quase ao mesmo tempo é complicado!
Começamos por abrir os Saquinhos cheios de Natal do nosso Calendário do Advento, respeitantes aos dias em que não houve escola, ou aos meninos que não vieram à escola na segunda-feira. Eram quatro:
O da Ariana trazia a Lenda do Pinheiro de Natal ilustrada por ela
e uma barrinha de kinder para cada um :-)
O do Gustavo trazia poesias por fora e por dentro rebuçados!

No do Miguel não cabia tudo, por isso a mãe fez-lhe um complemento
e ambos vinham recheados de bombons
Finalmente, no saquinho de hoje, dia 9, a Sofia trouxe Pais Natais de chocolate 
um bonito postal pintado com o pé (a ele voltaremos, mais tarde) com Boas Festas Fixes!

A todas estas famílias fixes o nosso Muito Obrigado pela colaboração!
Os pais podem ficar descansados, que nós já sabemos que não se devem comer tantos doces, por isso os guardamos para mais tarde!

Lanchemos mais cedo, pois estava prevista para as 10h uma visita anual que muito apreciamos: o Pai Natal do E-Leclerc, que sempre nos visita trazendo algumas lembranças e muita alegria. E foi assim, mais uma vez!




E como esta foi a segunda quarta-feira do mês, recebemos também a visita da Biblioteca Municipal Itinerante. Quase todos fomos responsáveis e trouxemos o livro requisitado em Novembro para entregar e levar outro. Estamos a adquirir um bom hábito!

Quem se esqueceu de o trazer, não levou desta vez um livro novo para casa! 
É para aprender a ser mais responsável... a professora ainda ontem avisou e até foi um lembrete para casa!

E como não há duas sem três, a terceira visita do dia foi uma que é já habitual, duas vezes por semana: a prof. Patrícia começou a preparar com todos nós (Fixes e Amigos) a apresentação para a Festa de Natal. 
Mas mais não podemos dizer, papás fixes, atenção ao recado que seguiu no vai-vem!

Pouco tempo sobrou para o que andamos a fazer... mas sobre isso falaremos depois :-)
Claro que tem a ver com uma palavra especial que até pedimos para escrever no quadro... 
e depois aconteceu isto, que a professora já só apanhou a meio:
video
Os 3 aninhos do nosso T. em ação!
Há coisas fantásticas, não há? 

Até amanhã!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Dia 7 - Obreiros de estrelas... e de bolas de Natal

Hoje, por falta dos meninos a quem couberam os dias 6 e 7, que fizeram ponte, abrimos apenas o Saquinho cheio de Natal do dia 5 de dezembro, que pertencia à Maria João...
Vinha recheadinho de Pais Natal de chocolate, num total de 17 para distribuir... e logo houve cabecinhas que começaram a fazer uma operação matemática! 
Acabamos por chegar à conclusão que dava 1 para cada um (pois somos 16) e sobrava 1.
- É para ti, professora!
Muito obrigada a esta família fixe pela colaboração!

E, por falar em fazer ponte, vários meninos e a professora da Sala dos Amigos também fizeram, por isso os restantes vieram para junto de nós e por cá ficaram. Brincamos muito todos juntos

Durante o dia terminamos os pormenores que faltavam para acabarmos as bolas de Natal com CD. Assim na cantina, temos mais um
(Que tal professora Graciosa? Melhorou? ;-)

Mas um pequeno grupo ainda quis iniciar outras bolas com CD, desta vez com os próprios desenhos e não com papéis de embrulho...
Usaram-se cartolinas, marcadores, glitters e outras coisas brilhantes... como gostamos!
De tarde foi a hora da história e as estrelas vieram de novo à baila... pois é, o pó de estrelas não nos sai da cabeça (nem das mãos)!

Intitulada "A estrela da manhã", foi escrita por Rosa Lobato de Faria:
"Esta história passa-se no tempo em que não havia Pai Natal e quem distribuía os presentes era o Menino Jesus com a ajuda dos anjinhos.
Numa noite de Natal, quando o Menino Jesus se preparava para entregar os presentes às crianças, o anjinho mais pequenino perguntou-lhe se podia ir com ele. Jesus respondeu-lhe que não porque era muito pequenino, e como o céu era muito longe da terra, podia perder-se. O anjinho esperou que eles saíssem e decidiu segui-los.

Quando chegaram á terra espalharam-se pelas cidades, vilas e aldeias mas, o mais longe que o anjinho conseguiu ir foi até a uma cabana no meio do campo, muito triste e escura. Lá estava um menino muito pobre, com a lareira apagada e às escuras, a rezar. Pedia ao Menino Jesus para lhe dar um pouco de calor e luz para iluminar a sua casa.

Ao ouvir isto o anjinho depressa correu a satisfazer aquele pedido. Voou até ao céu e roubou uma estrela para pôr na lareira do menino pobre. Quando viu, o menino nem queria acreditar e agradeceu aquele milagre.

No dia seguinte havia no céu um buraco no sítio onde o anjinho tinha tirado a estrela e todos se interrogavam quem teria feito aquela maldade.

A Nossa Senhora chamou o anjinho porque sabia o que ele tinha feito e disse-lhe que não era bonito roubar, mas que a sua intenção era boa. Então ajudou-o a remediar o seu erro, deu-lhe uma estrela do seu manto para colocar no sítio de onde tinha tirado a outra, e disse-lhe para nunca mais desobedecer a Jesus. Quando os outros anjinhos e Jesus acordaram depararam-se com a estrela mais bonita e brilhante de todo o universo. Nascia a estrela da Manhã. E os pastores que saíam com os seus rebanhos de manhã puderam ver a estrela que para sempre havia de guia-los."

Escutamos, em silêncio, tranquilos e interessados nesta história tão bonita, mas um bocadinho triste... 
Chegamos à conclusão que há prendas que não se compram! 
E que, às vezes, fazemos coisas más por boas razões...

Engraçado que, logo pela manhã, conversando sobre a Carta ao Pai Natal (que ainda não preparamos) todos diziam que iam pedir... brinquedos. 

- Pois, ao Pai Natal pedem-se brinquedos.
E se quiséssemos escrever uma carta onde não pedíssemos nada de comprar?
Ficamos com a cabeça num nó! Como é possível pedir algo que não se compra?

E com esta história descobrimos:

- O anjinho deu ao menino luz e calor, deu-lhe uma estrela, isso não se compra!
Fazendo um esforço por pensar mais um bocadinho, até descobrimos mais coisas que podemos pedir e que não se compram:
- Pedir abraços...
- Pedir beijinhos...
- Pedir para brincar com os pais.

Como alternativa ao habitual registo gráfico, surgiu outra possibilidade em 3D: 

construir uma estrela de 5 pontas com pauzinhos e decorá-la a nosso gosto. 
Assim, fixes e amigos, fomos todos dedicados e criativos

E a pistola de cola quente não parou de trabalhar, toda a tarde, para dar resposta a tantos!
As estrelas estão a ficar lindas, diferentes, coloridas e brilhantes... com pó de estrelas e outros materiais bem reluzentes ;-)

Aviso:
Seguiu para casa um recadinho feito à pressa e sem vai-vem:
Na quarta-feira (segunda 4ª do mês) receberemos a visita mensal da biblioteca municipal itinerante, por isso não se esqueçam de trazer os livros para devolver.
Será nesse dia também que receberemos a visita do Pai Natal do E-Leclerc; quem não trouxe a autorização para as fotos, se o desejar, terá de a trazer sem falta. Obrigada.

Bom feriado!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Dia 4... inventando e tocando o Natal!

Continuamos a inventar Natal (e não só...) às voltas com pó de
A área dos projetos transformou-se hoje numa verdadeira oficina de duendes, todos muito empenhados em fazer, com todos os cuidados (e de forma cada vez mais autónoma!)...
Inventamos bolas coloridas, alegres e brilhantes... com pó de estrelas, que faz magia!

E por falar em inventar... ainda temos mais que contar!
Quem disse que só se pode escrever com lápis ou caneta?
Quando o interesse pela escrita é deste calibre, descobre-se que com lã e cola também dá!

Claro que também se pode escrever usando o computador... mas não temos cá nenhum portátil como este!
E sem saber que íamos dar ainda mais incentivo à escrita (e ao desenho também!) abrimos o Saquinho cheio de Natal da família fixe da Maria... o nº 4
Estava muito bem recheado de lápis vermelho-Natal (como diz a Maria) com Pinóquios e JoaninhasMuito obrigada pela colaboração ;-) os fixes gostaram muito da surpresa!

Terminamos o dia com música, na companhia da prof. Patrícia, que nos trouxe hoje o Jingle Bells... formamos dois grupos, um com maracas e outro com triângulos e acompanhamos o ritmo da música. Assim não só inventamos, mas também 
Foi assim o nosso dia... agora é tempo de descansar!
Bom fim de semana :-)

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos