Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

;) Apanhados fixes # 7

O Rafael andava com um grande X vermelho desenhado a marcador nas costas da sua mão.
Perguntei-lhe:
- Para que é essa marca? 
(pois costumamos fazer o mesmo - mas mais pequenino -  quando temos algum recado que vai para casa guardado na cabecinha, ou seja, sem papel)
- É para não me esquecer que o meu pai faz anos...
- Quando? Hoje?
- Não sei...

Uma coisa espan...tosa!

A história que conhecemos e exploramos esta semana foi esta "O espantalho Juvenal quer brincar ao Carnaval" e foi criada pela nossa educadora mesmo a propósito do que estamos a vivenciar na sala, entre os trabalhos na horta de avós e netos e o Carnaval que está a chegar...

A partir dela decidimos criar um espantalho para a nossa horta, e convidamos a Sala dos Amigos para se nos juntar nessa tarefa, uma vez que a nossa leira é comum. Aceitaram e vamos começar...

Entretanto, o desafio de decorar a mesma base (um molde de espantalho) a nosso gosto e com os materiais que quiséssemos, foi aceite por todos, médios e pequenos...
Os lápis de cor, os marcadores, a cola e os pincéis, a tesoura e os tecidos, restinhos de papel, lãs, ráfia, etc... tudo andou num virote na área dos projetos. 
O resultado (espantoso) aqui fica:











sábado, 28 de janeiro de 2012

Frutas da época

Dando continuidade ao projeto "Heróis da fruta" em que nos envolvemos, realizamos outra atividade que pretendia que conhecêssemos que as frutas têm uma época própria, quando estão prontas a consumir, e que essa época varia: há frutas da época Primavera/Verão e frutas da época Outono/Inverno.
Para tal resolvemos construir um calendário, tendo pesquisado na internet imagens de todas as frutas que conhecemos.
Depois foram recortadas e coladas num cartaz, sendo que depois tivemos que assinalar a época de cada uma. 

 
Assim descobrimos que existem 2 frutas que há sempre, que são o ananás dos Açores e a banana da Madeira enquanto as outras têm uma altura própria, que é aquela em que devem ser consumidas com mais frequência, até porque, normalmente, são mais baratas.
Eis o nosso calendário, simples, para que todos o possam "ler"...
Como é muuuito comprido, teve que ficar pendurado pertinho do teto da sala!


III Assembleia de Escola

Realizou-se nesta sexta-feira a passagem de testemunho entre os responsáveis de turmas no 1º período e os novos órgãos eleitos, sendo que o novo Presidente da nossa Assembleia de Escola é o Ivo, do 4º ano. O Rafael representa agora a Sala Fixe.
Eis a nova mesa da assembleia (O Rafael é o segundo a contar da esquerda, mas a foto não permite ver bem pois foi tirada em contra luz)
A Assembleia realizou-se com toda a normalidade, tendo-se discutido alguns problemas que preocupam a comunidade educativa e procurado soluções.
Assim se vai praticando a democracia e educando para a cidadania, para além de se trabalhar a consciência moral de todas as crianças, desde as mais pequeninas às mais crescidas. 


sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Letras, palavras e rimas com frutas

As atividades fonológicas começam a ter maior sucesso junto da malta fixe...
Como estão todos a ficar crescidinhos, já conseguem manter a atenção durante mais tempo e permanecer na tarefa com maiores níveis de envolvimento, o que permite realizar atividades mais ambiciosas. Foi o que aconteceu...
Um jogo simples, uma proposta informal no tempo de atividades e projetos, na área de jogos da mesa:
 O material era simples, cartões com nomes de frutas e letras para os completar, com o pormenor de em cada letra que compunha determinada fruta se encontrar uma pequena imagem da mesma.
E foi num abrir e fechar de olhos que a equipa de trabalho (como gostam de se chamar, cada vez que realizam um trabalho colaborativo) completou o desafio!
Depois ainda aceitaram outro: colocar os cartões por ordem, da palavra com mais letras até à palavra com menos letras... eis o resultado:
E ainda descobriram rimas para algumas frutas, tendo efetuado o registo com sucesso. E foi a Mariana (de 3 anos) quem colou todas as imagens!
Entretanto já houve que acrescentar novas palavras que se foram descobrindo...

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Todos no sofá!

O prof. Hélder e os meninos do 1º ano fizeram-nos um convite: irmos à sala deles assistir à dramatização do livro "Todos no Sofá", de Luísa Ducla Soares. 
Claro que aceitamos com todo o gosto, afinal íamos visitar o Pedro, a Margarida, o Tomás L., a Simone, o Afonso e a Mirian, nossos colegas do ano passado.
Então, ao princípio da tarde subimos as escadas...
A sala deles tem umas paredes que falam... contam-nos todas as coisas que já fizeram e aprenderam e isso é muito bonito! Vimos os chapéus de ideias e os xailes de afetos deles... estão todos muito criativos!
Depois sentamo-nos no meio das mesas em U e começou a apresentação:
Gostamos do que vimos e no final estivemos a nomear todos os algarismos que apareciam no livro, do 1 ao 10 (mas primeiro o nosso mais pequenino disse-os todos corretamente!). 
Depois agradecemos, despedimo-nos e levamos para a sala uma atividade de concretização que todos, médios e pequenos, conseguiram completar com sucesso!

Novas frutas, novos sabores

Nunca é demais conhecer coisas novas... no âmbito do projeto Heróis da fruta, até os pais colaboram! Provamos alperce seco, que nos enviou a mãe do Tomás:
 
E tamarilhos, que nos trouxe o pai do Tiago A.
  
E dá gosto ver como todos provam sem regeitar... afinal, só se pode dizer "não gosto" depois de provar!

Uma experiência com os 5 sentidos

Para conhecer o mundo o nosso corpo tem 5 sentidos:
  • Nos nossos olhos está o sentido da visão, que serve para ver o que nos rodeia...
  • No nariz está o sentido do olfato, que serve para cheirar...
  • Nos ouvidos temos o sentido da audição, que serve para ouvir/escutar todo o tipo de sons...
  • Na boca está o paladar, ou gosto, que nos permite conhecer a quem sabem os alimentos...
  • Finalmente, na pele está o tato, que serve para sentir...

Foi com os 5 sentidos que testamos 4 tipos de maçãs diferentes. 
Sim, porque lá por serem todas maçãs, não são todas iguais!  
A maçã golden, a maçã starking, a maçã reineta e a royal gala foram as escolhidas para a experiência.
  • Com os olhos observamos as diferenças de tamanho, cor, forma;
  • Com as mãos sentimos se eram lisas ou rugosas e também se eram moles ou duras;
  • Com o nariz cheiramos o aroma de cada uma delas;
  • Com a boca provamos e descobrimos características de sabor: doce ou ácido;
  • Com os ouvidos escutamos o som que produziam ao cair na mesa.

Depois registamos as conclusões numa tabela preparada para o efeito:

 Como temos opiniões diferentes, foi engraçado verificar que tivemos resultados diferentes!

Quantos queres?

Um jogo tão velhinho, revisitado pelo projeto Heróis da Fruta, que hoje tentamos colocar em prática.
O objetivo era reconhecer que quase todas as frutas têm uma época própria, altura em que são melhores (e mais baratas) e, por isso, é nessas alturas que as demos comer em maior quantidade.
Com algum apoio todos conseguimos desenhar (médios) ou carimbar (pequenos) as frutas no espaço (pequenino) a elas destinado. 
Depois, pensamos se eram frutas de Primavera/Verão ou de Outono/Inverno... e representamos as primeiras com um sol e as segundas com uma nuvem.
Recortamos o quadrado, a professora deu uma ajudinha com a dobragem e então foi só treinar, primeiro o movimento dos dedos e depois:
- Quantos queres?
- 5
- 1, 2, 3, 4, 5
- Queres laranja, maçã, banana ou pêra?
- Laranja
- Em que altura do ano aparecem as laranjas?
- Outono/Inverno
- Certo!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Um "fixe 5 estrelas"!

Vê-se como estamos a crescer... e estamos mesmo a dar um grande pulo!
De tal forma que sugerimos que o nosso quadro dos fixes (onde avaliamos o nosso desempenho e comportamento diariamente, de acordo com as regras da "luzinha do coração") fosse acrescentado...
Assim, para além do Fixe contente (luzinha do coração acesa), do fixe mais-ou-menos (luzinha do coração tremida) e do fixe zangado (luzinha do coração apagada), criamos então um Fixe 5 estrelas!

Destina-se àqueles meninos e meninas que cumprem as regras, são responsáveis, ajudam os outros e fazem as suas tarefas o melhor que sabem... ou seja, que têm a sua luzinha do coração não só acesa, mas brilhante!
E tem sido notório o esforço de alguns para o atingir, o que é bonito de se observar em crianças tão pequenas... ;)

Quase, quase pronta...

Não fosse termo-nos esquecido dos morangueiros e estaria mesmo, mesmo prontinha!
Pois era, mas não fizemos a tabuleta com os morangos, só nos lembramos dos legumes da nossa horta. De qualquer forma, colocamos as tabuletas nos locais certos e ficou assim:
Uma horta organizada, de fazer inveja a qualquer um!

Eleição de Presidente da Assembleia

Hoje fomos mais uma vez chamados às urnas...
Eleito que foi o representante, ou presidente, de cada sala, houve que eleger entre todos o Presidente da Assembleia de Escola e o secretário.
Eis algumas imagens do Ato Eleitoral, que decorreu com todo o civismo, no cumprimento do dever democrático de cada um...


 
 Os resultados é que ainda não foram apurados... o tempo não chega para tudo!

Árvores de Leituras, Chapéus de Ideias e Xailes de Afetos

É este o nome do projeto que começamos a implementar, com a colaboração da Biblioteca Escolar do Agrupamento. 
Pretende-se contribuir para fomentar hábitos de leitura em contexto familiar desde cedo e, para tal, as crianças levam para casa, durante uma semana, um livro para ser partilhado em família. Estes são os dois livros que vão circular por todas as famílias:
 Todos no sofá, de Luísa Ducla Soares
Surpresa, surpresa! de Michael Foreman
Depois o livro deve regressar à sala, acompanhado de um comentário (dos pais) ilustrado (pela criança) que irá integrar a capa  de registos do projeto. 
Também é proposto a todas as famílias um desafio bem mais ambicioso mas aliciante: construírem, com a sua criança e usando os materiais que entenderem, um chapéu ou um xaile decorado de acordo com o conteúdo da história.
Hoje chegou-nos o contributo do Guilherme e da sua família, que agradecemos, pois sabemos como é difícil, atualmente, dispôr de tempo para atividades como esta...
O registo, com o reconto/ilustração feitos pelo Guilherme
O chapéu de ideias sobre a história
Começamos muito bem... e vamos ficar à espera dos restantes...
Este já está pendurado na nossa sala para todos verem!

Novo presidente!

O presidente da Sala Fixe para o segundo período já foi eleito... e democraticamente, como deve ser! Depois de considerarmos quem seria mais adequado para o papel (quem sabe falar de modo a que todos entendam, quem não se envergonha ao falar em público, quem se consegue lembrar do que é para dizer) surgiram 3 candidatos e o vencedor foi: o Rafael!
A foto não apanhou, mas ainda tivemos registo de 3 abstenções...
Parabéns Rafael, sexta-feira será a estreia na primeira assembleia deste período.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

:-O


E ainda mais notícias da nossa horta!

As novidades não páram na horta mais fixe das redondezas... hoje foi dia de terminar o cordão que fizemos para delimitar a nossa leira e assim impedir que seja pisada. 
Depois teve que ser colocado, com estacas a segurar.
Isso foi feito por gente grande, mas a gente pequena deu apoio moral permanente...
Ficou assim:
Depois ainda aproveitamos para colocar mais alguns morangueiros no respetivo canteiro:

 
 E, para terminar os trabalhos do dia na horta, mais um bocadinho de água...
Pronto, tarefas cumpridas!

Notícias da nossa horta


 
Estava tudo tão sequinho!
Com ajuda da Celeste e devagar, devagarinho, para não estragar nada, regamos tudo bem regadinho, porque as plantas precisam de água para viver!
Entretanto, os amigos da sala ao lado pintaram CD's velhos e penduraram-nos na árvore, para espantar os pássaros... ficou muito bonito!
Ainda estamos a terminar as tabuletas, mas já falta pouco para a horta estar prontinha!

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos